Texto com contribuições de Victória Bortolini.

O Mercado Livre é um dos sites mais famosos no Brasil, ficando entre os e-commerces mais acessados no país. O maior marketplace da América Latina facilita a vida de quem deseja vender produtos online e ainda não possui um e-commerce próprio. E, também, ajuda a potencializar as vendas de lojas virtuais já consolidadas, e é nisso que vamos focar nesse post.

Além disso, esse marketplace ainda oferece diversas vantagens para quem vende através da plataforma, entre elas estão: a estrutura oferecida para o lojista, como ferramentas de envio e pagamento – Mercado Envios e Mercado Pago -, marketing de divulgação, relevância em SEO, tudo isso incluso na taxa de comissão. A seguir, vamos ensinar para você o passo a passo para começar a vender no Mercado Livre e todos os detalhes que você precisa saber para ter sucesso nas vendas. Confira!

O que é um marketplace?

Para quem ainda não está habituado com o termo, vamos dar uma breve explicação sobre o tema. Marketplace é uma modalidade do e-commerce que abre suas portas para vendedores externos anunciarem na sua plataforma.

Basicamente, são sites que servem como vitrines para outros anunciantes, como o Mercado Livre. Oferecem nome, popularidade e toda a estrutura – que citamos anteriormente -, para atrair possíveis compradores e o resultado das vendas fica por conta da qualidade do anúncio do vendedor.

Como vender no Mercado Livre

O primeiro passo para começar a vender é saber como criar uma conta no Mercado Livre, que pode ser pessoal ou comercial. No seu caso – lembrando que vamos falar sobre quem já possui um e-commerce -, é essencial que você crie a conta como empresa. Para isso, é preciso acessar o Mercado Livre e clicar no menu “crie sua conta” (no canto superior direito). Abrirá uma página solicitando os dados: basta alterar para “criar uma conta de empresa” que você será direcionado para a página de cadastro, que pede dados simples como CNPJ, razão social, um e-mail e senha.

Como anunciar no Mercado Livre

Depois de criar a sua conta, é hora de aprender a como anunciar no canal. Existem diferentes formas de anunciar no Mercado Livre. Antes de colocar seus produtos à venda, é preciso entender como eles funcionam e quais são suas diferenças.

Como já falado, criar anúncios no Mercado Livre é grátis, o que varia é quanto você paga quando vende. Essa porcentagem varia de acordo com o tipo de anúncio que você faz. São disponibilizados três tipos de anúncios: grátis, clássico e premium. Cada um deles oferece diferentes vantagens dentro da plataforma, principalmente em relação à exposição do produto.

Anúncio grátis

Com esse tipo de anúncio você não paga nada para o Mercado Livre quando realiza uma venda, ou seja, ele é totalmente gratuito. É uma alternativa para quem está começando a vender na plataforma e quer primeiro testar como funciona. No entanto, é importante ressaltar: nessa modalidade, você terá uma baixa exposição dos anúncios. Poucas pessoas verão seus produtos, deixando as chances de venda menores. Também não é permitido o parcelamento sem juros.

Além disso, os anúncios grátis permanecem ativos na plataforma por apenas 60 dias, depois são automaticamente excluídos, obrigando o lojista a cadastrá-los novamente. Ocorrendo isso, a loja perde o número de visitas e vendas daquele produto, fatores que geram relevância dentro do canal. Portanto, a desvantagem, além de causar trabalho dobrado, acaba repercutindo nas vendas.

Anúncio clássico

A partir desse tipo de anúncio, você começa a pagar uma taxa de comissão (quando vende). Essa taxa varia de acordo com a categoria. É o tipo de anúncio de exposição média, mas que gera mais resultados que os gratuitos. Outra vantagem é a durabilidade: ele não tem duração limitada. Você anuncia e ele permanece lá, contabilizando o número de vendas e visitas.

Entre as desvantagens da modalidade, uma delas é que você ainda não pode oferecer parcelamento sem juros. Outra questão é que, para anúncios de menos de R$ 79,00, o canal cobra uma taxa de R$ 5,00, além da comissão.

Anúncio premium

Com uma exposição maior e visibilidade alta desse tipo de anúncio, as chances de você estar entre os primeiros resultados de busca são mais altas, e, consequentemente, as de venda também. A taxa de comissão, da mesma forma que o clássico, varia de acordo com a categoria. Com os anúncios premium você pode oferecer parcelamento sem juros e seus anúncios também têm duração ilimitada. A regra de pagar R$ 5,00 para produtos que custam menos de R$ 79,00 também se aplica para esse tipo de anúncio.

Para saber mais sobre anúncios no Mercado Livre clique aqui.

Como cadastrar produtos no Mercado Livre

Se você possui ERP ou plataforma de e-commerce, é necessário verificar se possui integração com o Mercado Livre de forma nativa ou através de um hub ou ferramenta. Geralmente está incluso no plano que você possui ou pode ser contratado separadamente. Há também a possibilidade de cadastrar os produtos de forma manual, mas é altamente arriscado, considerando que o estoque não fica integrado.

A principal vantagem de utilizar uma plataforma integradora é agilizar o processo de cadastro dos produtos, gestão de estoque e faturamento. Se você já possui um e-commerce, por exemplo, quando for criar um anúncio por meio da ferramenta integradora, ela já busca as informações do produto dentro da sua loja, não necessitando enviar estoque, fotos, descrição, preço, categorias, características e etc. Lembre-se de manter as informações corretas no cadastro da plataforma. Além disso, toda vez que você vender no marketplace, o estoque será atualizado automaticamente.

Cadastro Manual

Assim como nas plataformas de e-commerce, se você optar pelo cadastro manual dentro do MeLi, terá que ficar ainda mais atento a detalhes, como: títulos, fotos, descrições e informações técnicas dos produtos. É fundamental que o cadastro dos seus produtos sejam feitos corretamente para que você tenha sucesso na hora das vendas.

Como funciona o Mercado Envios

Para tornar seu marketplace mais competitivo, o Mercado Livre criou um serviço próprio de logística, o Mercado Envios. Para facilitar a vida dos lojistas e evitar a necessidade de acertar as entregas com os consumidores individualmente, a solução cuida do processo de coleta e entrega de seus produtos vendidos. Basta você levar o produto embalado, com a devida etiqueta de envio até um ponto de coleta, e eles resolvem o resto, confira as regras clicando aqui. Esse sistema, além de refletir positivamente na operação do seu negócio, também proporciona maior credibilidade aos clientes, que passam a ter a garantia de reenvio ou ressarcimento em casos de extravio.

Existem duas formas de utilizar o Mercado Envios, confira:

Mercado Envios 1: nesse formato, deverá ser cadastrada uma tabela de frete pelo próprio lojista, que servirá de base para o cálculo dos valores e prazos. Nesse modelo, a geração da etiqueta é de responsabilidade do lojista. É utilizado quando os produtos comercializados ultrapassam o limite dos Correios, necessitando de transportadoras.

Mercado Envios 2: nesse caso, o próprio Mercado Livre cobra o valor do frete, e a etiqueta é gerada por lá, com suas devidas regras de descontos/frete grátis. Nessa modalidade, ainda existe o Mercado Coleta, que segue as mesmas diretrizes do Mercado Envios 2, mas o lojista não precisa levar o produto até o ponto de envio para postagem. Ficou ainda mais fácil vender no Mercado Livre, certo?

Dicas para vender mais no Mercado Livre

Capriche nos anúncios

Para que seu anúncio tenha maior visibilidade e, consequentemente, maiores chances de venda, é preciso preenchê-lo com a maior quantidade de informações possíveis: cada categoria tem um mínimo de atributos a serem respondidos, mas o ideal é preencher tudo. Tenha fotos de qualidade, com fundo branco e resolução de 1200 x 1200. As descrições dos produtos são o seu vendedor online, capriche no conteúdo. Para saber mais sobre cadastro de produtos, clique no link, e aproveite as dicas utilizadas no e-commerce.

Aumente sua reputação

O Mercado Livre possui um sistema de desempenhoque posiciona aqueles sellers – vendedores – de acordo com a reputação dentro do canal. Esse sistema categoriza os lojistas nas cores verde, amarelo, laranja e vermelho.

Entenda quais são os fatores relevantes e como funciona a categorização:

1 – Vendas com reclamações do comprador

  • Mercado Líder / Verde forte: vendas com reclamações mediadas pelo MeLi não poderão exceder 1% do total de vendas.
  • Vendedor verde: vendas com reclamações não poderão exceder 3% do total de vendas.
  • Amarelo: vendas com reclamações não poderão exceder 7% do total de vendas.
  • Laranja: vendas com reclamações não poderão exceder 12% do total de vendas.

2 – Tempo para postar os produtos nos Correios ou de entrega à transportadora – ao usar o Mercado Envios, o Mercado Livre compara o seu tempo com o dos vendedores de cada categoria

  • Vendedor verde: o tempo de envio não poderá exceder 15% do total de vendas.
  • Amarelo: tempo de envio não poderá exceder 20% do total de vendas.
  • Laranja: tempo de envio não poderá exceder 30% do total de vendas.

3 – Vendas canceladas pelo vendedor – para calcular esta variável, o Mercado Livre considera todas as vendas que você cancelar e que não tenham recebido nenhuma reclamação.

  • Mercado Líder / verde forte: você não pode cancelar mais de 2% das suas vendas.
  • Vendedor verde: você não pode cancelar mais de 3% das suas vendas.
  • Amarelo: você não pode cancelar mais de 7% das suas vendas.
  • Laranja: você não pode cancelar mais de 10% das suas vendas.

Mercado Líder

Os vendedores que se destacam pela excelente experiência que oferecem aos seus compradores, bem como pela quantidade de vendas, passam a fazer parte do grupo do Mercado Líder, que é uma seleção dos melhores lojistas. Há três níveis, que são as chamadas medalhas:

Benefícios do Mercado Líder

  • Quanto mais alta é a sua medalha, maior é a exposição dos seus anúncios na lista;
  • Atendimento personalizado via chat por parte do MercadoLivre;
  • Capacitação e aconselhamento de venda por meio de reuniões presenciais e online realizadas pelo MercadoLivre;
  • Acesso a operadores múltiplos – permite que os funcionários acessem o seu cadastro sem a necessidade de utilizar a sua senha pessoal;
  • Custo mensal grátis de manutenção do eShop – plataforma online que auxilia o gerenciamento das vendas;
  • Oferecimento de frete grátis pelo Mercado Envios de acordo com as condições apresentadas neste link.

Agora que você já sabe tudo que precisa para estar presente no maior canal de vendas da América Latina, cadastre-se e comece a criar seus anúncios. Você tem muito trabalho pela frente. Se precisar de ajuda, estamos aqui! 🙂

@wavecommerceoficial

Author

Escreva Um Comentário