Quando os lojistas desejam ingressar no mundo do e-commerce, é natural que muitas dúvidas venham à mente. Dentre elas, uma das campeãs é: qual plataforma de e-commerce devo contratar? Depende das suas prioridades. Mas se você quer ler um pouco sobre as principais opções do mercado e seus prós e contras, você está no lugar certo.

Bom, pra começar, podemos esclarecer que, contratando uma plataforma, você não irá gastar, e sim investir. Isso porque, eu lhe garanto, será um capital bem utilizado e que, se bem escolhido, vai render à sua empresa bons frutos. Vamos esclarecer suas dúvidas!

Como funciona uma plataforma de e-commerce?

A plataforma de e-commerce é o sistema que permite que você crie a sua loja e faça o gerenciamento. Ou seja, é a base da operação de todo e-commerce. É por lá que você consegue verificar os pedidos, cadastrar os produtos com as devidas descrições, inserir vitrines, banners, categorias, características, analisar os dados dos clientes, bem como criar campanhas e extrair relatórios. Sem ela, você precisaria anotar os seus pedidos em um caderninho, ir somando os valores faturados e apagando com borracha toda vez que algo fosse cancelado. Você já passou dessa fase, certo?

Então, vamos de exemplo: precisa informar que uma determinada categoria de produtos está com frete grátis? É na plataforma. Quer entender quais produtos seus foram mais vendidos neste mês? Plataforma. Houve um problema no pedido do cliente e ele liga para que você verifique? Lá na plataforma. Bom, acho que ficou claro que sem ela você não consegue sobreviver nesse mundo.

Além dela precisar contemplar todas as necessidades básicas para a loja, ela também precisa incluir ferramentas de integração com outras plataformas relacionadas a marketing digital, marketplace, logística, etc. É muito importante verificar essas integrações antes de fechar a contratação, porque, caso você queira integrar com alguma plataforma que não seja compatível, a dor de cabeça será grande.

Posso ficar trocando de plataforma a todo momento?

Pode, mas não deve. A importância de escolher uma boa plataforma de e-commerce vem muito da dificuldade de troca. Começar com uma básica e depois substituir não é uma boa ideia, viu? Essa alteração pode trazer prejuízos para algumas áreas, como SEO e lista de contatos, bem como prejudicar a cultura operacional da sua empresa, que precisará realizar uma série de treinamentos para se adaptar ao novo sistema, o que causa uma grande queda na produtividade. Como ela engloba todo funcionamento do e-commerce, provavelmente todos os seus funcionários irão lidar com ela no dia adia. Se você, do nada, resolve trocar e migrar para uma plataforma nova, eles não saberão mais como fazer o seu trabalho.

Tudo bem, claro que eles irão aprender. Mas isso vai demandar tempo, adaptação e paciência. O problema é que seu e-commerce seguirá rodando, e os seus clientes não irão aguardar esse momento de transição para realizar as compras. Portanto, possivelmente será uma fase bem complicada, com muitas reclamações. Evite isso.

Quero contratar uma plataforma de e-commerce: por onde começo?

Como já falado, analisar as integrações é algo bem importante. Se a sua empresa já trabalha com um ERP, você deve começar por isso. Ou seja: veja quais plataformas tem integração com o seu ERP. Aí, entre as opções, busque a que tem melhor custo-benefício de acordo com os seus requisitos. É claro que escolher uma plataforma escalável, com vários recursos e ferramentas interessantes é super vantajoso. Mas essa decisão requer planejamento: não adianta você ficar pagando algo que não vai usar, ou ainda economizar no que não pode. 

Considerando a infinidade de opções de plataforma de e-commerce no mercado, facilite sua vida: liste as suas prioridades, os seus requisitos. Se faça as seguintes perguntas: 

Qual o ERP que utilizo ou desejo utilizar? 

Elimine as plataformas que não têm integração.

Quais ferramentas eu já utilizo ou desejo utilizar?

Pode ser de marketing, como a RD Station, ou de pagamento, como a Pagar.me ou Pagseguro: verifique quais plataformas têm essa integração.

Qual a importância da personalização do layout para a venda do meu produto?

Algumas plataformas têm apenas modelos padrão, que você muda as informações, cores, logotipos, e outras permitem que você crie uma loja do zero. Qual a sua necessidade? Faça esse filtro.

O seu negócio é omnichannel ou é apenas virtual?

Nem todas as plataformas permitem unificar as operações. Ou seja, se você tem loja física e online, é fundamental que exista apenas um estoque, por exemplo. Isso facilitará o seu controle, evitando erros.

Qual o seu orçamento disponível?

Claro, o orçamento é sempre importante. Existem várias opções para diferentes bolsos, mas é bom que fique claro: se o seu negócio precisa de bons recursos, terá que pagar por eles. Optar pelo mais barato sem considerar o entregável pode fazer com que a sua operação fique muito comprometida. Então, não pague além do seu orçamento, mas evite poupar dinheiro com isso. Lembre-se de que esse investimento é a base da sua loja virtual, que irá segurar todo o resto.

Qual a melhor plataforma de e-commerce?

Jet

Com mais de 20 anos de mercado, atende atualmente 15 mil lojas. Assim como as últimas plataformas acima, a JET vende o código e o admin, e a equipe cria e personaliza a loja. Uma vantagem bem interessante da JET é que ela possui um time exclusivo de desenvolvedores focado no avanço tecnológico da plataforma, para melhoria e evolução constante das soluções. Possui o JET Hub para integração com os marketplaces e o ZapCommerce, ferramenta super completa para quem quer realizar vendas via WhatsApp.

O suporte da JET possui plantão, o que é uma notável vantagem para o caso de algum problema de última hora. Além disso, são disponibilizados cursos e treinamentos para lojistas, nas modalidades online e presencial. O preço da plataforma é bastante negociável, mas é composto por uma taxa fixa + comissão sobre as vendas.

Assista ao vídeo institucional:

VNDA

A Vnda é uma plataforma especializada em e-commerce que, através de recursos omnichannel, também conecta o varejo online ao offline. Há mais de dez anos no mercado, conta com centenas de marcas das mais diversas categorias em seu portfólio. Agora em 2021, a plataforma passou a fazer parte do ecossistema de soluções do Olist, visando entregar uma tecnologia cada vez mais eficiente para acelerar ainda mais o crescimento sustentável dos negócios de varejo.

A solução da Vnda se divide em duas entregas principais, a implementação da loja virtual e a plataforma para gestão do e-commerce.
Diferente de outras plataformas, a própria Vnda realiza “dentro de casa” também a etapa de desenvolvimento do site, com o objetivo de entregar layouts mais exclusivos para o conceito de cada marca, além de garantir a melhor performance e usabilidade de cada loja que utiliza sua plataforma. Com isso o varejista não se preocupa em contratar tudo separado, layout, desenvolvimento e plataforma. O preço dessa implementação varia de acordo com o nível de customização desejado por cada cliente.

A plataforma, mesmo muito completa, oferece um painel administrativo bastante simples e intuitivo para os gestores de e-commerce. Para uso da plataforma existem três planos, com um valor fixo mensal + uma taxa de sucesso sobre as vendas confirmadas. Todos os planos oferecem um mix de recursos padrão para e-commerce, além de recursos de crescimento, como Cashback e Indique e Ganhe, pensados especificamente para alavancar as vendas. Além desses recursos nativos, a plataforma oferece mais de 200 integrações, com os principais ERPs, meios de pagamento, soluções logísticas, HUBS de marketplaces e outras diversas ferramentas para e-commerce. 

Os planos variam de acordo com o nível de serviço demandado por cada cliente. Como o objetivo da plataforma é guiar cada negócio para faturar cada vez mais, quando se torna mais vantajoso para uma marca migrar de plano, o time de Customer Success (completamente humanizado) da Vnda, prontamente alinha com o cliente e realiza o upgrade, pois o objetivo é mesmo descomplicar a vida do varejista. 

Nuvemshop

A Nuvemshop é uma plataforma com mais de 40 mil clientes na América Latina. Ela tem um valor acessível, mesmo nos seus planos mais avançados, mas não permite muita personalização: os temas são padronizados. A vantagem disso é que você consegue colocar a loja no ar em menos tempo. Caso a personalização seja muito necessária, você pode pedir o código e contratar uma empresa terceira para esse serviço. De qualquer forma, a Nuvemshop tem integração com as principais ferramentas de pagamento e logística do mercado, e permite unificar a loja física e online.

Dashboard da plataforma NuvemShop, setembro/2020.

Para colocar os seus produtos no marketplace, a Nuvemshop permite que você utilize alguns hubs de integração, como Anymarket, Plug.To, Mintegra, Achieve Leap, Ideris e Hub2b. Uma grande desvantagem da plataforma é que os planos mais básicos não possuem suporte via Whatsapp, e sim por e-mail. Isso pode ser problemático se você tiver dificuldades e necessitar de um auxílio imediato.

É disponibilizado um teste grátis para os 3 planos existentes, o que pode ser uma oportunidade para analisar suas funcionalidades. Existe um custo mensal, de manutenção, e ainda um valor em cima de cada venda finalizada. Se você opta por fazer um plano trimestral, tem 15% de desconto, e anual, 25%, o que torna realmente a plataforma extremamente acessível.

Valores do plano mensal, setembro/2020.

Assista ao vídeo institucional:

Moovin

Dashboard da plataforma Moovin, setembro/2020.

A Moovin possui experiência de mais de 14 anos e atende clientes de pequeno, médio e grande porte. Uma grande vantagem é ela é extremamente intuitiva – o que é ótimo, porque requer menos treinamento para os seus funcionários. Ela permite a extração de diversos tipos diferentes de relatórios, possui programa de pontos e tem integração com a Frenet e a Intelipost, que são as principais soluções de logística do mercado.

A Moovin tem suporte via chamado e telefone, o que facilita bastante no dia a dia. Além disso, ela permite a integração com marketplace através de um hub, que é o Placemarket. Quando você contrata a Moovin, está incluso o valor do hub. No entanto, existe uma taxa que é cobrada por cada pedido do marketplace, o que é importante considerar dentro do seu controle de custos, inclusive para pensar na estratégia de precificação.

Ela possui diversos layouts padronizados, mas você também pode solicitar um totalmente feito para sua loja: obviamente, terá que pagar por isso. Todo o valor de contrato da Moovin é negociado com cada cliente, de acordo com suas necessidades e particularidades. 

Assista ao vídeo institucional:

Loja Integrada

A Loja Integrada possui mais de um milhão de lojas online criadas, mais de 30 integrações com os principais recursos e 6 planos diferentes para que você possa optar pelo que melhor se encaixa, inclusive um gratuito. Apesar de bem limitado, o plano sem custo pode ser uma alternativa caso você queira testar a plataforma

Planos Loja Integrada, setembro/2020.

A Loja Integrada é uma plataforma bastante completa, que possui a opção de layout personalizado e faz a integração com marketplaces através do hub da Anymarket ou do Plugg.to. Um ponto negativo é que o atendimento funciona via “Comunidade Loja Integrada”, que é um fórum de dúvidas, e, nos planos PRO, por e-mail.

Dashboard da plataforma Loja Integrada, setembro/2020.

Assista ao vídeo institucional: 

Tray

A Tray é uma plataforma da Locaweb, com mais de 200 recursos para criação de loja virtual. Apesar dela ter uma série de layouts padrão, você pode ter acesso ao código para personalização, assim como a Nuvemshop. A Tray é democrática, visto que possui planos para diferentes bolsos e utilidades, o que a torna também bastante escalável – se o seu negócio crescer, não será preciso migrar de plataforma. Você tem um suporte disponível, por e-mail e chat, a partir do plano Light. Por telefone, somente no mais avançado, o Exclusive.

Planos Tray, setembro/2020.

A Tray possui integração nativa com os marketplaces, o que é uma excelente vantagem, já que você não precisa de um intermediário, como um hub de integração. Ela possui ainda um APP Android e IOS para administração da loja, bem como o sistema Easy Checkout, que facilita a finalização da compra para o cliente. Para utilizá-la, inicialmente, não é requisito ter um CNPJ.

Assista ao vídeo institucional:

Magento

A Magento é uma plataforma criada com tecnologia de fonte aberta, ou seja, é vendido o admin e o código para o cliente, permitindo uma personalização mais flexível. Esse é um dos motivos que faz com que ela seja tão mais cara que as demais da lista. Além disso, ela possui funcionalidades bem mais completas e sofisticadas, como o alto desempenho em SEO e infinitas possibilidades de plugins. Essa plataforma suporta mais de 500 mil produtos em um único site, e mais de 80 mil pedidos por hora – o que a torna uma gigante do mercado. 

Pelo fato dela ser utilizada no mundo todo, por diferentes negócios, existe uma comunidade muito forte. Apesar de incrível, é importante analisar se as funcionalidades não estão muito além das suas demandas, visto que a plataforma é complexa, demanda um servidor robusto para suportar, e ainda requer uma equipe de programadores para sua execução.

Assista ao vídeo institucional, em inglês:

Vtex

A Vtex é uma multinacional brasileira, do Rio de Janeiro, reconhecida pelo seu produto de plataforma de e-commerce. É outra grande do mercado, visto que trabalha com marcas como Samsung e Brastemp. Ela também opera vendendo o código e o admin, oportunizando uma personalização sem limites. Como ela funciona com integração à loja física, algumas das suas boas vantagens são: o compartilhamento de estoque, a opção de retirada em loja e o TOTEM de autoatendimento do cliente. 

Dashboard VTEX, setembro 2020.

A Vtex possui Smart Checkout, que é aquele que não necessita de login e senha, facilitando a vida do usuário. Além disso, possui a mesma tecnologia Amazon de velocidade de carregamento de página. O suporte é um ponto negativo para quem tem plano simples, pois é totalmente online – sem a alternativa de telefone -, e extremamente técnico. Ou seja, é bem provável que você precise de uma agência ou algum funcionário especializado para resolver os problemas, a não ser que você opte pelo plano corporate +. Os valores são negociáveis, mas a base de preço mensal é R$1.500,00, e existe o valor de setup e porcentagem de vendas.

Assista ao vídeo institucional:

Linx Commerce

Outra gigante do mercado é a Linx, empresa brasileira que atualmente possui 15 filiais pelo Brasil e 5 países da América. Atende clientes como Renner e Youcom. Ela também vende o admin e o código para o cliente. Possui um hub nativo com os marketplaces, com simples gestão e fácil escalonamento. Um fator interessante é que a Linx possui soluções também de ERP, o que pode ser uma oportunidade de unificar a sua tecnologia. 

A plataforma permite ter diversas lojas em um só painel, com total customização de layout. Através da Linx também é possível segmentar os clientes considerando suas características, preferências, dores ou necessidades: isso é muito benéfico para trabalhar os produtos da loja de forma mais pessoal e alinhada com as expectativas do usuário. Se o seu negócio é B2B, é relevante dizer que a Linx possui recursos dedicados a essa categoria, como gestão de políticas comerciais, como valor de compra ou quantidade mínima, alçadas comerciais, diferentes listas de preço e regras tributárias. A empresa não disponibiliza valores no seu site.

Assista ao vídeo institucional:

Conclusão

Dentre todas as questões que devem ser resolvidas antes de se abrir um e-commerce, a escolha da plataforma é uma das mais importantes. Sem ela, você não conseguirá ter um bom operacional e gerenciar com qualidade a sua loja virtual. Além disso, qualquer implementação requer um treinamento e uma fase de adaptação para os seus funcionários, portanto, uma decisão bem tomada nesse sentido evita futuros estresses.

É fundamental avaliar quais as integrações são prioridade para a sua loja, e quais as reais necessidades para atender sua demanda. Para facilitar a sua análise, confira a planilha resumida com os principais recursos e integrações das plataformas mais conhecidas e consolidadas do mercado, converse com o comercial das empresas e não hesite em perguntar TUDO. Se precisar de ajuda, estamos aqui! 🙂

Curtiu nosso conteúdo? Que tal nos seguir no insta e acompanhar mais dicas e informações sobre o mundo do e-commerce? Qualquer dúvida, estamos à disposição! 🙂 

@wavecommerceoficial

Author

Escreva Um Comentário